Posts com Tag ‘saco de areia’

Eu durante a minha aula de Muay Thai. Observe o uniforme.

Eu com o uniforme do Muay Thai.

Vou começar este post aqui no Muay Thai Mulher fazendo de cara uma confissão: adoro treinar no saco de areia. Principalmente, quando estou cansada, por que posso dosar meu ritmo sem prejudicar ninguém. Além disso, posso dedicar minha atenção a alguns movimentos que acho que devem ser aprimorados.

Dito isso, explico o porquê do tema: semana passada, como acontece quase sempre, recebemos mais alunas novas na turma. Ao chegarem, óbvio, elas (ou eles) merecem toda a atenção do meu Mestre, que ensina os princípios e movimentos básicos do Muay Thai, enfatizando a posição dos pés, quadris, como socar etc. Às vezes, quando a sala está muito cheia e ele precisa voltar sua atenção para outros alunos, me pede para ajudar e eu treino com os mais novos. Coisa que, aliás, adoro!

Tive a oportunidade, então, de treinar no saco com duas alunas: uma mais antiga e outra mais nova e durante o treinamento pude passar para ambas a importância de usar este equipamento. A aluna mais nova, claro, parecia ter medo do aparelho e eu a incentivava a socar corretamente com mais força ‘por que o saco não reclama’, dizia para ela.

Eis aí a primeira finalidade do saco de areia: tirar o medo do golpe. Nele você pode testar sua precisão, avaliar sua potência e bater o mais forte que puder. Alivia a tensão, certamente, mas vai dar a você uma consciência corporal, além de mostrar quais socos são mais fortes e quais ainda têm que ser aprimorados.

Pude mostrar a essa aluna também, com calma, as posições e os movimentos corretos para os pisões e para os socos, repetindo cada um e mostrando como o saco respondia quando a execução era certa e quando era errada.

Já a outra aluna mais antiga logo foi me perguntando qual a finalidade de treinar no saco de areia. Percebi que muita gente não entende a necessidade desta atividade e me propus a falar sobre o assunto para ela e no Muay Thai Mulher. E o que expliquei foi que este treino faz você:

– Ter noção da sua potência (como havia falado para a outra aluna);
– Corrigir seus movimentos;
– Treinar velocidade junto com a força;
– Treinar o ‘timing’ das sequêcias dos golpes, especialmente se não há ninguém segurando. O saco de areia vai responder a intensidade dos seus socos, chutes e pisões retornando para você, nessa hora seu objetivo será encontrar a hora certa de entrar e sair e de retomar o ataque;
– Treinar em rounds, ajudando no seu condicionamento aeróbico e ensinando controlar o seu ‘gás’.

Ah! Lembre-se das ataduras e das luvas, seja a específica para o saco de areia ou a de luta mesmo. Evite ferir seus dedos pois, geralmente, a couraça do saco (dependendo do seu peso) pode machucar.

Assim, se você nunca treinou ou se não gosta de usar o saco de areia, pense duas vezes antes de implorar ao seu professor para não fazê-lo. Tente uma vez e tenho certeza de que vai gostar. Além de aliviar seu estresse (sempre dou a dica para pensar naquela pessoa que te estressou muito durante o dia. Imaginar que ela está ali e descontar no saco, claro) é um exercício ótimo sob todos os aspectos.

Você gosta de treinar no saco de areia? Qual o seu treinamento preferido? Conte aqui no Muay Thai Mulher, de repente é um dos meus também!

Quando você começa a praticar qualquer atividade física, é preciso pensar que não basta apenas estar de corpo presente. Existem muitos detalhes que devem ser levados em consideração. Exemplo: se você vai começar a ter aulas de tênis, tem que comprar uma raquete, tem que alugar uma quadra… se vai malhar, tem que comprar um tênis correto, roupas… se vai nadar, a mesma coisa e por aí vai.

O mesmo acontecerá no Muay Thai. O aluno deverá ter o seu equipamento, e tratarei desse tema no próximo post. Por agora, quero falar um pouco sobre o que é utilizado na aula, seja em uma academia especializada ou em uma comum.

Alunos treinam movimentos durante a aula de Muay Thai

Aula de Muay Thai

O tatame poderá variar um pouco. Algumas salas têm o piso parecido com o utilizado nos quartos de criança, podendo ser de encaixe, e parecem uma borracha (como é o de onde faço minhas aulas). Outros são pisos corridos, que lembram os utilizados em competições de judô. Mas, seja como for, sempre será macio para que o aluno não se machuque caso sofra uma queda durante o treino.

Equipamento utilizado para treinar socos, chutes e movimentação.

Saco de areia

Na sala também existe o famoso saco de areia que, em alguns lugares mais sofisticados, foi substituído pelo ‘Bob’, aquele boneco que só tem metade do corpo e que é presença certa em um monte de filmes e comerciais em que mulheres aparecem batendo em algo. Eu, particularmente, prefiro o saco de areia, já que ele balança com a sua batida e você pode treinar movimentação. Algumas academias também contam com sacos de esquiva (aquele que tem umas cordinhas) e com o push ball, que treina a velocidade e coordenação dos socos.

Equipamento utilizado para treinar socos.

Manopla

Durante a aula, os alunos praticam os golpes em duplas, mas amparados por dois equipamentos: a manopla, como o nome sugere, é usada nas mãos e serve, principalmente, para socos; e o escudo, posto no antebraço, e que serve para os chutes.

Ainda existem os protetores de cabeça, mas estes são usados quando há uma simulação de luta ou um treino de sombra.

Ou seja, há vários equipamentos à disposição, que são utilizados durante uma aula de boxe tailandês, que previnem e impedem que você se machuque. Portanto, se um dos motivos que te levava a não fazer uma aula era o medo de uma lesão, pode ficar tranqüila. Devido a todos os cuidados tomados, é um risco muito, muito pequeno. Digo por experiência própria. Já luxei o dedo e caí de cabeça jogando handebol, mas nunca me machuquei no boxe.

No próximo post, como prometido, falarei sobre o equipamento que todo o aluno deve ter.

Então? Deu para perder um pouco do medo de treinar boxe? Não? Comente.