Posts com Tag ‘bíceps’

Uma das coisas que mais apavora as mulheres (e que é um sinal claro e manifesto de que o tempo está passando) é quando o medo de esticar o braço e dar um breve tchau assusta mais do que a conta bancária.

O bumbum pode estar durinho, a coxa bem torneada e o bíceps pode até estar no lugar, mas se aquela parte do braço balançar mais do que deve é um sinal de alerta e de pânico em qualquer idade.

Infelizmente, o passar do tempo é uma verdade inexorável da vida. Por mais que a gente malhe, se alimente bem, um dia, as coisas não estarão nos lugares onde costumavam estar. Mas você pode – graças a Deus – retardar este processo.

Alimentação é fundamental, aliás, falaremos sobre isso em breve. Beber água também. Sempre! E, claro, fazer atividade física. A musculação é indicada e o Muay Thai ajuda MUITO!

Músculos do braço

Braço torneado

Em uma aula, você irá fazer vários movimentos com braço. Não pense que é só socar. Óbvio que os movimentos de jabs, diretos, uppers, cruzados e etc, vão ajudá-la a fortalecer o tríceps. Mas não apenas. Desde o início, você estará exercitando seus braços e isso se dará até o final da atividade.

Já no aquecimento, você fará muitas flexões de braço, rotação para frente e para traz e fará rotação de punho, por exemplo. Ficar saltitando e, ao mesmo tempo, trazendo o punho para o seu rosto e depois esticando os braços para frente, umas 30 vezes, com velocidade, já faz você sentir esse músculo queimar.

Depois, acontece um aquecimento com movimentos básicos e, em seguida, começa o treinamento com a sua parceira. Quando você socar, claro, seus músculos do braço estarão sendo exercitados.

Dica: Faça o movimento correto. Cuidado para não dobrar o punho e se machucar. Alongue o soco, use o quadril. Lembre-se: você estará socando, não dando cascudo!

Contudo, não será apenas nessa hora que seus músculos estarão trabalhando. Quando você estiver segurando a manopla ou o escudo para a outra, o ‘músculo do tchau’ também estará em ação. Aí então, a isometria entra forte. Além de segurar o impacto de socos e de chutes, você também terá algumas funções. Ou seja, durante uma aula de Muay Thai seus braços não param nunca!

A movimentação contínua e intensa, ajuda a dar firmeza e tonicidade ao músculo. Com o tempo você vai conseguir perceber que seu braço vai balançar cada vez menos. Tenha em mente, porém, que isso não acontecerá do dia para a noite. Treine de verdade, levando a aula à sério e tente comparecer, pelo menos, duas vezes por semana.

No Muay Thai também não há segredo. Suor e dedicação são as chaves para o sucesso.

Você está contente com o seu ‘músculo do tchau’? O que você faz para mantê-lo firme? Conte pra’ gente!